terça-feira, 15 de abril de 2014

Semana Santa: Tempo de reflexão ou lazer?




Edlene Bezerra- Comunicóloga e jornalista, com edição CN1


Para alguns Cristãos, resume-se em, (crucificação... morte e ressurreição de Jesus Cristo). Começamos com o Domingo de Ramos, que celebra a entrada de Jesus Cristo em Jerusalém... E iremos até o Domingo de Páscoa, logo após passarmos pelo "martírio" de Jesus Cristo, celebrado na Sexta Feira da Paixão.


É muito bom quando as pessoas ainda cultuam estas tradições, mas infelizmente muitos deixam as tradições religiosas de lado para enveredarem nestas práticas profanas, desse nosso mundo dito "MODERNO”... Onde está acontecendo até os tais "rolezinhos" para práticas sexuais de menores que agem como animais.





É lamentável o atual mundo em que vive a religião católica, em especial nas grandes cidades, que não respeitam as tradições da igreja e sim, fazem deste período um lazer, para baladas, bebedeiras clubes e...

Por ser um período próprio para reflexão e oração, a vigília e o jejum devem ser cotidiana. 


Como o próprio nome diz “Semana Santana”, é um tempo santo, tempo de oração, de meditação, onde mergulhamos no mistério de Deus que, por amor, se fez homem, se encarnou para nos livrar do pecado e nos dar a vida eterna. E nos amou tanto que se entregou à morte de cruz.



Advogado morreu de infarto enquanto estava acompanhado de uma travesti


Terça-Feira, 15 de abril de 2014




O advogado Walker de Montemor Quagliarello, de 50 anos, um dos condenados por participar de um esquema de corrupção desmascarado pela Operação Maet, da Polícia Federal, morreu vítima de acidente cardiovascular (infarto) na madrugada desta sexta-feira (11), em Araguaína, no norte doTocantins. As informações sobre a morte foram divulgadas na página da Ordem dos Advogados do Tocantins (OAB-TO) na internet.
Conforme testemunhas, o advogado começou a passar mal enquanto estava dentro do carro dele, na BR-153, próximo a um posto de combustíveis. Ele estaria acompanhado de um travesti, que se desesperou ao ver a situação do homem.
O acompanhante chegou a comentar através de uma rede social o apuro: "Gente... Caramba... Um homem morreu aqui depois de g... Tô aqui presa em um carro. E um monte de repórter fora. Que azar."


Travesti relatou apuro para grupo em programa de
mensagens: 

Quagliarello chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Regional de Araguaína, mas não resistiu e morreu. A OAB-TO emitiu uma nota de pesar em solidariedade à família do advogado.
Quagliarello chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Regional de Araguaína, mas não resistiu e morreu. A OAB-TO emitiu uma nota de pesar em solidariedade à família do advogado.
Do G1 TO

Governo Belezinha: Enquanto os cães ladram, a caravana passa











                                  Por Blogs CN1 e WF Segunda-Feira, 14 de abril de 2014



Quando as críticas são construtivas tudo bem, mas quando essas críticas ultrapassam o bom senso, aí a coisa complica. É o que está acontecendo em Chapadinha. Os “opositores” da prefeita não medem esforços para tentar desqualifica-la, mesmo que isso atinja a sua dignidade, passando até por cima da sua posição de mulher – que indiretamente são atingidas. A crítica vem perdendo força e está virando choro de uma “oposição medíocre” que pensa em se dar bem e vem perdendo apoio da maioria da população.

Mas vamos deixar de lado os que dizem, para mostrar a quantas andam as ações da administração de Belezinha, que vem mostrando trabalho  em todo município.





Um belo exemplo deste trabalho é a construção da Rua 7 de Setembro, que há dezenas de anos esperava por uma ação do município. É digno de registro o cuidado e responsabilidade com o qual o Secretário Municipal de Infraestrutura, Aluízio Santos, vem conduzindo essa obra, pensando principalmente no bem estar dos moradores, que já não suportavam mais a  falta de investimentos da prefeitura.



Destaque também para as ruas do Bairro Novo, que, desde que começou a receber os primeiros habitantes, há mais de 20 anos, nunca receberam um benefício dos ex-prefeitos de Chapadinha, segundo os próprios moradores. Hoje as ruas estão praticamente todas recuperadas.




De acordo com Aluízio, serão pavimentadas com bloquetes e terão sarjetas e meios-fios.



No Bairro Caterpillar, os moradores da Rua Newton Belo e ruas próximas, agradecem à prefeita Belezinha pelas ações ali realizadas, tirando todos de um grande sofrimento, com a abertura de ruas, construção de galerias e colocação de tubos para escoamento da água.



Antes das obras, era impossível o trafego de carros. Depois de todas as etapas de preparação, as ruas serão calçadas com bloquetes.

“Muitas obras estão sendo executadas por uma administração séria e comprometida com o povo e não com meia dúzia de oposicionistas que querem de qualquer forma desestabilizar o governo. Enquanto esta oposição sem compromisso critica, Belezinha Trabalha!”, disse Aluízio Santos.

Mais obras

O secretário informou ainda, que a partir de maio começa o asfaltamento em diversas ruas. Outra grande notícia dada pelo secretário foi sobre a construção da UPA 24h Porte 1, que deve começar também em maio. A cidade deve ganhar também seis quadra poliesportivas cobertas e mais oito postos de saúde na sede e na zona rural.

imagens ilustrativas


Vasco anuncia medidas e vai pedir a anulação da partida final do Carioca



Clube vai solicitar exclusão dos árbitros da partida dos quadros da CBF e da Fifa, irá entrar com ação reparatória contra a Ferj e fará denúncia formal por frase de Felipe


Por Edgard Maciel de Sá/Globo Esporte.com

Terça-Feira, 15  de abril de 2014



Peralta, Macedo, Dinamite e Koehler na entrevista que anunciou as medidas que o Vasco vai tomar após o gol irregular que tirou o título carioca de 2014 de São Januário (Foto: Marcelo Sadio / Vasco.com.br)



Para o Vasco, o Campeonato Carioca ainda não acabou. Na tarde desta segunda-feira, um dia após o empate por 1 a 1 com o Flamengo, a diretoria cruz-maltina se reuniu para definir quais medidas vai tomar após o gol irregular que deu o título estadual para o rival. Entre as providências, o clube vai tentar anular o resultado da final no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio (TJD/RJ) por causa da falha da arbitragem que deu origem ao gol sofrido aos 45 do segundo tempo (veja no vídeo acima). Uma ação reparatória contra a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) será protocolada na Justiça Comum, fará uma representação na CBF e na Fifa pedindo a exclusão dos árbitros envolvidos na partida, além de uma denúncia formal no TJD contra o goleiro Felipe por suas declarações após o confronto.
A reunião em São Januário mobilizou a diretoria vascaína. Estavam presentes na coletiva de imprensa o presidente Roberto Dinamite, o diretor geral Cristiano Koehler, o diretor executivo de futebol, Rodrigo Caetano, o advogado Marcello Macedo, o vice-presidente geral Antônio Peralta, o presidente da Assembleia Geral Olavo Monteiro de Carvalho, além de representantes do marketing. Segundo Macedo, a súmula da partida "está tentando transformar erro de direito em erro de fato" ao apontar Nixon e não Márcio Araújo como autor do gol.
O erro cometido é gravíssimo e tem um agravante pela prática do erro cometido na confecção da súmula. Isso nos deixou preocupados. Ficou estampado um erro de direito, foi reconhecido pela federação, pelo trio de arbitragem... Todos sabiam que o Márcio Araújo havia feito o gol, ninguém tinha dúvidas, e a súmula equivocadamente e propositadamente aponta o Nixon já tentando desmontar a busca do Vasco pela anulação. Estão tentando transformar um erro de direito em erro de fato
Marcello Macedo, advogado do Vasco
- Estou aqui para colocar o que pretendemos adotar como providência de imediato. A primeira ainda amanhã (terça-feira) será a notificação da Ferj, juntamente ao seu Rabello (Jorge, presidente da Comissão de Arbitragem do Rio de Janeiro), e a notificação da comissão de arbitragem e dos árbitros que participaram da partida. O erro cometido é gravíssimo e tem um agravante pela prática do erro cometido na confecção da súmula. Isso nos deixou preocupados. Ficou estampado um erro de direito, foi reconhecido pela federação, pelo trio de arbitragem... Todos sabiam que o Márcio Araújo havia feito o gol, ninguém tinha dúvidas, e a súmula equivocadamente e propositadamente aponta o Nixon já tentando desmontar a busca do Vasco pela anulação. Estão tentando transformar um erro de direito em erro de fato. É um problema ainda maior. Vamos dar entrada ainda em uma ação reparatória contra a Ferj na Justiça Comum e pedir também a anulação da partida. Se for necessário, vamos às veias criminais. Temos que ser reparados pelos prejuízos que sofremos - até mesmo de ordem moral - por um título que não tinha como Vasco perder naquele momento. Vamos fazer uma representação na Fifa e na CBF pedindo a exclusão dos árbitros envolvidos no jogo e ainda uma representação contra o goleiro Felipe por suas declarações no fim da partida - frisou.
Quem deu início ao pronunciamento foi o presidente Roberto Dinamite. Ele deixou claro que o clube deseja ver o futebol do Rio em alto nível e pediu a adoção da tecnologia no esporte para evitar que erros como o de domingo se repitam.
- É importante deixar claro todas as medidas que vamos tomar. Estou aqui com meus diretores, vice-presidentes, com a parte jurídica do clube... Antes de mais nada quero dizer que muitas vezes sou criticado por querer e desejar o futebol do Rio de Janeiro em alto nível. O Vasco se preparou para essa competição e isso não foi suficiente. Foi tudo jogada por água. Fomos nitidamente prejudicados nos resultados, nas finanças, nos nossos compromissos. Todos têm o direito de errar, mas coincidentemente só contra o Vasco e praticamente as mesmas pessoas é difícil de engolir. Estamos buscando, acima de tudo, o respeito. Não queremos ser beneficiados, mas não podemos mais ser prejudicados. Principalmente no confronto direto contra o Flamengo.

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Prefeitura de Chapadinha garante mais de 20 toneladas de peixe para população na Semana Santa



                                                                                                                                                                            Peixes serão distribuídos na sede e no interior, nesta quarta-feira.
Serão atendidas pessoas com, no máximo três cartões.

Por Blogs CN1 e WF

Terça-Feira, 14 de abril de 2014




A Prefeitura de Chapadinha já está preparando para mais uma ação social, a distribuição de peixes às famílias de baixa renda que acontecerá nesta quarta-feira (16) na Zona Rural e na Sede do município. Este ano serão distribuídos mais de 20 mil quilos de peixe.

O anuncio foi feito pelos secretários municipais de Assistência Social, Francisco Paiva e de Articulação Política, Aluísio Santos no programa Tribuna do Povo, da Rádio Cultura-FM, na manhã desta segunda (14).

“A prefeita Belezinha descentralizou a distribuição para entregar o pescado mais perto do povo. Para isso, a prefeita criou seis (06) pontos de distribuição na cidade e 16 rotas para a distribuição na zona rural", destacou Aluísio. 

Locais de distribuição do peixe na cidade:

  • Praça do Viva, 
  • Areal, 
  • Caterpillar, 
  • Novo Castelo, 
  • Nossa Senhora de Fátima e 
  • Mutirão. 


Inicialmente programada para esta terça (15), a distribuição no interior foi adiada para quarta, por causa de um problema mecânico na carreta que transporta os peixes desde o estado de Santa Catarina.

Confira as Rotas da zona rural:

Rota 1:

Centro dos buracos, Poços I e II, Soledade, São Joaquim, Queimada, Volta da Manguita, Canto do Ferreira, Cruz Velha I e II, Estrela II (Limão), Santa Aninha, Retirana, Saquinho, Boca da Mata dos Cardosos, Barbadinho, Riacho da Mata e Madeira Cortada.

Rota 2:
Russinha, Fazenda Nova, Riacho Fundo, Pitombeira dos Leite, Canto do Saco, Tamburi, Malhada do Meio, Cajazeira, Centrão, Olho D’água Seco, Sobradinho, Nova Belém, Barriguda, Retiro dos Oliveiras, Boca da Mata, Feliciana, Curralinho e Bacuri.

Rota 3:
Chapada Limpa II, Uncurana, California, Barrocão, Loloia, São Pedro, Alto Alegre, Capinal, Roncadeira, Cumbre, Santa Maria do Graco, São Joaquim dos Lopes, Vacas, Facão, Lagoa dos Farias, Prata, Jacarandá, Vai quem Quer e Mandu.

Rota 4:
Mangabeira, Maceno, Carnaubinha, Tabuleiro, Boca da Mata, Palmeiras, Pé de Ladeira, Santa Clara, Atoleiro, Canto dos Bois, Barro Branco, Bois, Morada Nova, Estrela, Gado Manso, Passagem Funda, Destino, Jenipapo, Gabriel, Campestre, Brejo do Meio, Gabriel II, Juçaral, Chapada Limpa I e Morros e Paiol.

Rota 5:
São Martins, Lobo, Jenipapo II, Santana, Poço Comprido, Corredor, Araçá, São Joaquim, Frecheira, Laranjeira, Cercadinho, Tiririca, Rodeio, Ciopual, e Santa Rita.

Rota 6:
Alagadiço Grande, Caiçara, Veredão, Rumo, Mambira, Lagoa Preta e Vila Nova.

Rota 7:
Canto dos Bois, Cantos Novos, Boa Hora, Vila União, Santa Rosa, Vila Nova, Bananeira, Bacaba, Banguê, Pinico, Pai João, Sangue, Vila Pandoca e Buriti dos Correias.

Rota 8:
Boca da Mata, Manoel Lopes, Riacho Grande, Formiga, Betânia, Bacaba, Matinho, Tabuleiro dos Batistas, Ema, Caraíba, Jardim, Laje do Forno, Varjota, Coroatazinho, Bica, Buriti dos Bois, Conceição, Barras e Guarimã.

Rota 9:
Poções, Carnaúba, Aranha, Saco, Tucuns, Marcos, Cipó, Chico Dias, Carnaubal, Brejo Dantas, Borralho, Carnipó, Redondo, Boa Esperança, Bom Princípio, Maracubá, Mangueira e Estiva.

Rota 10:
Centro Velho, Tinguis, Sobradinho, Cocal Grande, Aroeira, Canto Bom, Bacuri, Boa Vista, São José, Santo Antônio, Cumbre, Riacho Feio, Bacaba, Água Branca, Tamburi, Lacre, Tanque, Santa Maria do O, Barrocão, Lagoa dos Sítios, Bom Fim I e II, Rocinha dos Cardosos, Barro Branco e Polino.

Rota 11:
Aeroporto, Mombaça, Canto Bom, Buriti do Estevão, Conceição, Prata, Água Fria, Capinal, Matinha dos Helenos, Canfudó, Gameleira, Bom Jesus, Poço de Pedra, Buritinho, Jacaré e Madeira Cortada.

Rota 12:
Remédio, Olho d’água dos Pinheiros, Bacabalzinho, Cafundó, Muquém, Riacho Seco, Fazenda Fé em Deus, Mata do Brigadeiro, Santa Luzia e Cocalinho.

Rota 13:
Chapadão, Pitombeira I e II, Riachão, Barra do Riachão, Periquito, Bom Fim, Oiteiro, São Fernandes, Santa Rita, Lagoa Amarela, Fernando, Cocal, Escondido, Bagaço, Gavião, Feijão, Bacuri do Chico, Barro, Poções, Laranjeira e Tutanguira.

Rota 14:
São Gonçalo, Santa Maria, Periquito, Capinal, Ninas, Faveira, Conceição, Bom Princípio, Canto do Ferreira, Caldeirão, Campestre, Banana, Morada Nova, Garapa e São José.

Rota15:
Cerâmica, Baixão, Vereda Grande, Balseiro, Bom Jardim, Boqueirão, Cocal do Sandro, Luizona, Malhada dos Franceses, Barroca da Vaca, Riacho Fundo, Centrão, Vereda Grande dos Buracos, Ponte, Barro Vermelho, Baturité, Boa Hora, Pequizeiro, Santa Rita e Tucuns do Valdimira.

Rota 16:
Boqueirãozinho, Malhada dos Franceses, Armazém, Inhabu, Bezerra, Santa Rita, Cajazeira dos Douros e João Inácio
Francisco Paiva,  destacou que mais de 80% das localidades da zona rural serão atendidas. “A preocupação da prefeita é que o pescado seja distribuído para as famílias carentes. Na cidade, a equipe  deverá atender  cada pessoa com no máximo três cartões . Em cada ponto de distribuição haverá  uma coordenação  com  apoio logístico”, disse o secretário de Assistência Social. 

Para muitos, além de representar o respeito à tradição cristã, a iniciativa da prefeitura,  garante uma alimentação saudável e farta neste período do ano.

Bebê atinge 18 kg aos 8 meses; mãe pede ajuda


Segunda-Feira, 14 de abril de 2014

bebe
Aos 8 meses de vida o bebê Arthur Gomes da Silva já pesa 18 quilos e chama atenção por onde passa. A mãe, Ana Paula Gomes da Silva, começou a perceber que o filho estava engordando muito quando ele ainda tinha quatro meses e já pesava 10 quilos. “Os médicos diziam que não era normal ele engordar tanto, mas nunca descobriram o que fazia meu filho engordar. Eu preciso de ajuda para saber o que meu filho tem”, disse. A família mora em uma casa humilde no loteamento Santa Cecília, na zona Norte de Natal.

Ana Paula conta que o bebê não come muito e até os seis meses só mamava no peito. “Hoje ele já come fruta, papinha, mas não come muito não”. Arthur é tão grande que a família compra roupas tamanho ’3 anos’ para ele.
Segundo Ana Paula, o bebê nunca fez um exame de sangue porque ninguém conseguia pegar a veia do menino. Ana Paula tenta agora conseguir uma consulta com um nutricionista ou um endocrinologista para acompanhar o crescimento do bebê e descobrir o que faz a criança engordar tanto. “Eu quero descobrir o que ele tem porque ele vai crescer e isso pode prejudicar a saúde dele”, disse a mãe.

DO G1, COM EDIÇÃO DO GAZETA DA ILHA

Prefeitura de Mata Roma intensifica ações de combate à dengue




Segunda-Feira, 14 de abril de 2014

foto 1

A Prefeitura de Mata Roma, através da Secretaria de Saúde, vem intensificando as ações de prevenção e controle na rotina dos cidadãos para combater a dengue.
Na última sexta-feira (11) as equipes de Vigilância Sanitária em Saúde e Atenção Básica realizaram uma ação em conjunto no povoado Bom Sucesso para assim diminuírem a incidência da dengue na área. Os resultados puderam ser visto de imediato através da coleta de amostras que identificou vários focos de larvas no local.


Durante todo o dia foram executadas diferentes atividades no sentido de diminuir a infestação do mosquito Aedes Aegypti, como distribuição de sacos de lixo para que a população recolher os depósitos que acumulam água, retirada do lixo acumulado, eliminação de criadouros e a aplicação de inseticida. Além do trabalho de conscientização com os moradores tanto nas casas quanto nas escolas.


O Coordenador da Vigilância Sanitária, Matias Mendel, chama a atenção para os cuidados básicos que a população deve tomar para evitar a proliferação do mosquito transmissor da doença. “A dengue é uma epidemia em todo o país, e os agentes trabalham no combate e prevenção da doença, mas os moradores precisam colaborar com o poder público no sentido de evitar que suas casas virem criadouros do mosquito”- avisou ele.  Ainda sobre o árduo trabalho das equipes, Matias destacou o esforço os agentes de endemias que são incansáveis nessa luta, “Nossa equipe trabalha duro para conter o avanço da doença, e esse trabalho, que na maior parte é de conscientização, tem sido realizado com muita dedicação e empenho”- frisou.

A mobilização contou com a importante colaboração das coordenadoras de Atenção Básica, Denise Zuque, e Programa Saúde na Escola, Franciloide Passos responsáveis pelas atividades desenvolvidas na escola, aproveitando também que a ação aconteceu durante a Semana Nacional da Saúde na Escola.
As amostras coletadas serão examinadas e de acordo com os resultados, as equipes retornarão ao povoado antes do período chuvoso.


As atividades em combate à dengue continuarão no município. As ações incluem palestras educativas, trabalhos contínuos de divulgação sobre prevenção à doença, além de atender a população, esclarecer dúvidas e checar denúncias.

Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Mata Roma

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes